IMG-20210628-WA0344
Arte Vacinação - indailal
PlayPause
previous arrow
next arrow

Deputado Peninha quer reduzir casos de violência contra mulher em Santa Catarina

Parlamentar esteve com a ministra Damares Alves para debater sobre programas voltados à área

gulamania
Rodeio 35
PlayPause
previous arrow
next arrow

SANTA CATARINA – Preocupado com a situação da violência contra mulher no Brasil e em Santa Catarina, o deputado federal Rogério Peninha (MDB/SC) esteve em reunião com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, nesta quarta-feira (13), em Brasília.

No ano passado, os canais Disque 100 e Disque 180 receberam mais de 100 mil denúncias de mulheres que sofreram agressão no País. Em Santa Catarina, ao menos uma mulher por semana foi vítima de feminícidio. “Nós, governantes, não podemos fechar os olhos para esta situação. O Governo Federal tem programas excelentes neste sentido e podemos levar para as cidades catarinenses”, explica o deputado.

Peninha também fez o pedido para que seja reforçada a proteção à criança e ao idoso. “Fico muito contente que o deputado e os municípios estejam preocupados com estas pautas, precisamos mudar muita coisa no Brasil”, afirmou Damares.

Gaspar quer ser modelo

Deputado Peninha e comitiva de Gaspar

Um exemplo de cidade que pretende implantar um núcleo de atendimento e proteção à mulher é Gaspar, no Vale do Itajaí. “A cidade está crescendo, estamos no entorno de grandes cidades e este cenário gera uma demanda maior na área social”, explicou o prefeito Kleber Wan-Dall, que participou da audiência com a ministra e deputado.

Além do prefeito, também estiveram o vice Marcelo Brick e os vereadores Zilma Benevenutti e Junior Hostins. A comitiva ouviu da ministra informações sobre programas como o Salve Uma Mulher, Maria da Penha vai à Escola e Maria da Penha vai à Roça, que instituem uma política de combate à violência.

Para o deputado Peninha, é importante criar um núcleo de atendimento e proteção à mulher. “As vítimas precisam se sentir seguras para denunciar, sentir que serão acolhidas. Quem sabe Gaspar inicie um modelo neste sentido que sirva de exemplo para Santa Catarina e para o Brasil”.

Fortalecimento familiar

A secretária nacional de políticas para as mulheres, Cristiane Britto, ressaltou ainda que existem diversas ações com o objetivo da preservação do núcleo familiar.

A ministra Damares fez o convite para que uma equipe técnica da Prefeitura de Gaspar visite o Ministério e conheça a estrutura de programas ofertada para atuar no combate à violência e acolhimento das denúncias.

você pode gostar também
Lock colchões
Center Celulares
PlayPause
previous arrow
next arrow
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.