Denunciado por suposto abuso sexual, idoso foi encontrado morto em Ibirama

Por Judson Lima

IBIRAMA – Mario de Andrade, que estava desaparecido há mais de cinco dias foi encontrado morto no Rio Itajaí-Açu, na localidade Ribeirão Cocho na cidade de Ibirama no início da tarde desta quinta-feira (20).

Na semana passada, alguns familiares foram até a Delegacia de Polícia Civil  para denunciá-lo por suposto abuso sexual que teria ocorrido na infância das mulheres denunciantes.

O corpo foi localizado a mais de 1 Km, sentido do rio Apiúna para Ibirama, informou o CBVIbirama.

Desde o último sábado foram efetuadas buscas com bombeiros com contingente entre voluntários e militares além de cães onde que por falta de indícios não prosseguiram às buscas.

Segundo os bombeiros voluntários, o corpo foi localizado amarado a cordas e pesos em duas partes do corpo, na cintura e pescoço. Após a retirada, a cena ficou a cargo da Polícia Civil e IGP.

A Delegacia de Polícia Civil de Ibirama apura agora as circunstancias do falecimento, sendo que devido a complexidade o caso deverá correr sob sigilo.

Em entrevista à emissora de Rádio Nova FM, o filho da vítima encontrada, Gilmar de Andrade afirmou que estava esgotado de tanto procurar pelo pai. “Ele andou fazendo uns negócios errados aí, vai ter que responder na justiça… ou acha ele vivo, ou acha ele morto pra gente seguir a nossa vida, se ele fez ele vai ter que pagar, se encontrar ele vivo vai pra cadeia, se ele fez vai ter que pagar né, se tá morto a gente enterra, pois é meu Pai”, disse ele durante a entrevista veicula na manhã desta quinta-feira (20) ao repórter Sadi Duarte.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.