Crusoé: “PF investiga ligação de grupo preso em SC com ataque hacker

BRASIL– Na Crusoé, Fabio Serapião noticia que a Polícia Federal investiga a ligação entre um grupo preso na manhã desta terça-feira em Santa Catarina com a onda de ataques hackers sofridos por autoridades da Lava Jato semanas antes do vazamento de mensagens do aplicativo Telegram para o site The Intercept.

“A Operação Chabu mira suspeitos de violarem o sigilo de investigações em andamento sobre organizações criminosas.

O caso já vinha sendo tocado pela corporação bem antes de ocorrerem os ataques hackers.

Mas, nos últimos dias, investigadores enxergaram a possibilidade de haver conexão com as invasões aos celulares de autoridades.

Uma fonte ligada à cúpula da PF confirmou a Crusoé que está em apuração a possibilidade de ligação do grupo com os ataques.”

Fonte: O Antagonista

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.