UNIMED---50-anos
Banner Indaial
Banner Rodeio Saúde
Banner Educação Rodeio
PlayPause
previous arrow
next arrow

Covid-19: Cem mil não retornaram para tomar segunda dose em SC

Por Judson Lima

gulamania
Banner Rodeio Saúde
PlayPause
previous arrow
next arrow

MATEANDO – Aproximadamente cem mil pessoas deixaram de tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em Santa Catarina, os dados foram repassados a Secretaria de Estado da Saúde pelo Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SiPNI), do Ministério da Saúde, sendo que até 14 de junho de 2021, 99.525 pessoas não haviam retornado, no tempo adequado, para tomar a segunda dose da vacina. Deste total, 57.124 são de pessoas vacinadas com a CoronaVac e 42.401 pessoas com a AstraZeneca.

A reportagem do site Vale do Itajaí Notícias realizou um levantamento junto às secretarias de saúdes das cidades de Indaial, Timbó, Apiúna, Ascurra e Rodeio para saber sobre a situação relacionada ao fato.

Em Indaial o secretário de saúde Paulo Moschetta, disse que os números dos faltosos para tomar a segunda dose chegou a 504, “mas após o trabalho intensivo que foi realizado pela equipe, o número baixou para 78 faltosos”

Alfredinho Berry, secretário de saúde em Timbó confirmou que “todos que tomaram a CoronaVac, ninguém ficou sem voltar, todos vieram na segunda dose, e dia 12 de julho vai ser iniciada a segunda dose da AstraZeneca, nós realizamos busca ativa. caso a pessoa deixe de vir”

No município de Ascurra, a secretária de saúde Etineia Berkembrock Ceruti informou que “Apenas 05 pessoas que não fizeram a segunda dose…desistiram por complicações de saúde…os demais vacinados todos fizeram a segunda dose, pois o município fez busca ativa dos pacientes, sendo que os demais que foram vacinados recentemente ainda estão no prazo para realizar a D2”.

Não foi registrada nenhuma falta para aplicação da segunda dose da vacina CoronaVac em Apiúna, sendo que a segunda dose da AstraZeneca vai começar em julho, comentou a secretária de saúde Marciane Peters Ferrari.

O único secretário que não respondeu à reportagem foi Rafael Marchi, responsável pela saúde em Rodeio, por isso não houve a confirmação se existe ou não faltantes para a segunda dose na cidade rodeense.

 

 

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.