IMG-20210628-WA0344
UNIMED---50-anos
Banner Indaial
1200 x 100 (3)
PlayPause
previous arrow
next arrow

Clínica especializada em emagrecimento de SC teve sequestro de veículos e imóveis de luxo durante operação da PF

Por Judson Lima

gulamania
1200 x 100 (2)
PlayPause
previous arrow
next arrow

ITAJAÍ – A Polícia Federal, em conjunto com a Procuradoria da República no Município de Itajaí e Receita Federal do Brasil, deflagrou nesta quarta-feira (04) a Operação Dieta, com o objetivo de investigar a prática de sonegação fiscal, lavagem de capitais e evasão de divisas por parte de uma organização empresarial, com sede na região de Balneário Camboriú/SC.

Segundo as investigações, a organização mantém um sistema de caixa 2 formado por diversas empresas com clínicas especializadas em emagrecimento que compõe o mesmo grupo econômico, operando transferências de valores indevidos entre estas pessoas jurídicas, aquisição de bens em nome de terceiros e possível remessa ilegal de dinheiro ao exterior.

Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão, determinados pela Justiça Federal de Itajaí, em endereços de pessoas físicas e jurídicas, todos localizados nas cidades de Balneário Camboriú/SC e Itajaí/SC.

A PF representou pelo o sequestro de veículos e de imóveis de luxo ligados às pessoas investigadas, com o objetivo de impedir eventual esvaziamento do patrimônio acumulado de forma delituosa.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, a Receita Federal do Brasil também intimou os contribuintes envolvidos no esquema criminoso para o início das respectivas ações fiscais, estimando-se que os lançamentos do crédito tributário superem o valor de R$15 milhões, incluindo multas.

Os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa, sonegação fiscal, lavagem de capitais e evasão de divisas, cujas penas somadas podem chegar a 29 anos de prisão.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.