A notícia além do olhar técnico!

Central de Valorização de Resíduos 1 é inaugurada em Timbó

A Central de Valorização de Resíduos I (CVR I) é o local onde acontecerá a triagem dos materiais vindos da coleta seletiva e ecopontos.

TIMBÓ – Foi dado mais um importante passo para a boa gestão dos resíduos sólidos na região do Vale do Itajaí. Na última quinta-feira (21) foi inaugurada a Central de Valorização de Resíduos 1, estrutura localizada dentro do Parque Girassol, em Timbó. Esse projeto pertence aos 14 municípios que participam do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí – CIMVI.

Foto: Judson Lima

A Central de Valorização de Resíduos I (CVR I) é o local onde acontecerá a triagem dos materiais vindos da coleta seletiva e ecopontos. Um equipamento para a triagem do material está instalado nesse galpão, onde serão triados 33 tipos diferentes de materiais com o plásticos e papéis. Esse material irá começar a ser coletado nas cidades consorciadas a partir da próxima semana, com alguns municípios iniciando este sistema somente em dezembro, como Guabiruba.

A estimativa do CIMVI é que em torno de 20% do material que chega no Parque Girassol e, até hoje, iria totalmente para o aterro sanitário, seja reaproveitado na CVR I através da triagem. Para isso, o programa Vale Muito Cuidar está sendo desenvolvido em todas as cidades para educar a população de sua tarefa nesse meio. “Esse é o grande ponto dessa campanha: que todos entendam que aquilo que é produzido por nós dentro de casa deve ser separado por tipo e dispondo corretamente para a coleta, além de respeitar o dia que o serviço é realizado em sua cidade ” – explica Cristiano Moreira, assessor pedagógico do Parque Girassol.

Foto: Fabio Ferrari

Para a coleta seletiva, inclusive, está sendo distribuída nas cidades uma embalagem exclusiva para a disposição desses resíduos, com a marca do programa Vale Muito Cuidar e identificação do município de origem do material. Campanhas em rádios, redes sociais, folders e banners também estão sendo compartilhados para as cidades trabalharem esse tema com sua população.

– “Essa iniciativa vai contribuir muito para a limpeza de nossas cidades e, além disso, vai transformar o que antes era um problema para as prefeituras em retorno financeiro para as cidades” – destacou Jean Grundmann, prefeito de Benedito Novo e atual Presidente do CIMVI.

Nesta mesma cerimônia também foi assinado o lançamento do edital de licitação para aquisição de um equipamento para o reaproveitamento dos rejeitos pós-triagem. Os materiais vindos da coleta seletiva que ficam na esteira após passar pela plataforma de triagem irão alimentar esse equipamento, produzindo termoplásticos como pavers, placas de sinalização viária e mobiliários urbanos para uso público atendendo os 14 municípios. A expectativa é que esse sistema já esteja operando em maio de 2020.

Em uma outra etapa do Parque Girassol, já está prevista a construção da Central de Valorização de Resíduos 2, onde o material vindo da coleta convencional (caminhão compactador) será reutilizado, passando por uma triagem preliminar (para selecionar alguns materiais que poderão ser aproveitados na CVR 1)  e transformando os rejeitos em biomassa que, através de biodigestores, serão transformados em energia elétrica.

Abaixo vídeo matéria da inauguração:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.