A notícia além do olhar técnico!

CCJ da Alesc impõe derrota a Moisés, para retorno das atividades comerciais em SC

Por Judson Lima

O colegiado da Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa de Santa Catarina aprovou hoje (07), a admissibilidade e regular tramitação de duas propostas de sustação de ato (PSA) de autoria do deputado Jessé Lopes (PSL).

Nas propostas, o parlamentar pede que sejam suspensos os efeitos dos decretos estaduais 525, de 23 de março de 2020, e 535, de 30 de março, editados pelo governador Carlos Moisés da Silva, tratam das medidas de isolamento social, suspensão de serviços públicos e de atividades econômicas durante a epidemia de Covid-19 em Santa Catarina, consideradas excessivas pelo deputado.

O ato simboliza uma vitória da ampla maioria dos empresários, comerciantes e demais setores que geram empregos e mantém a engrenagem econômica do Estado de Santa Catarina , e uma derrota ao governador Carlos Moisés.

No Alto Vale do Itajaí,  em Rio do Sul , no litoral em Balneário Camboriú,  em Criciúma,  enfim,  são várias cidades onde aconteceu manifestação pedindo o retorno completo das atividades comerciais em SC.

Pressionado por todos os segmentos , o denominado “vassalo” de João Doria e Cia , Moisés que pretendia estender a sangria da econômica catarinense , vai recuar e manter o isolamento verticalizado,  como propôs o presidente Jair Bolsonaro.

você pode gostar também
2 Comentários
  1. Raulino Diz

    Quando o pessoal ficar doente esses empresários, comerciantes e demais vai lá cuidar do pessoal. Ou vai também criticar que o governo não fez nada. Daqui a pouco isso se espalha rapido e de forma que até os empresários e comerciantes não vão ter mais pessoas pra comprar ou mesmo trabalhar nos seus negocios.

  2. Jucilei Diz

    Graças a Deus…vamos parar com essa insanidade!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.