UNIMED---50-anos
Banner Indaial
Banner Rodeio Saúde
Bella Cittá Rodeio
PlayPause
previous arrow
next arrow

Casa Civil anuncia medida para facilitar pedido de passaportes

gulamania
Banner Rodeio Saúde
PlayPause
previous arrow
next arrow

SEGURANÇA – A Casa Civil anunciou nesta quarta-feira (29) uma medida que tem como objetivo facilitar os pedidos de passaporte.

Segundo o governo, os comprovantes de pagamento da taxa cobrada, de quitação com a Justiça Eleitoral e o certificado de reservista continuarão a ser exigidos, mas passarão a constar de um banco de dados ao qual a Polícia Federal terá acesso.

O objetivo, de acordo com a Casa Civil, é iniciar as mudanças ainda em dezembro deste ano e concluir a implementação do banco de dados em todo o país até o fim de 2018.

Conforme informou o governo, os documentos exigidos para a emissão do passaporte continuam os mesmos:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de naturalidade;
  • Foto;
  • Dados biométricos.

Procurada pelo G1, a PF informou que o sistema está em fase de finalização e testes. “Até a disponibilização do novo sistema aos Postos de Emissão de Passaportes, ainda é necessária a apresentação da documentação exigida pela legislação vigente”, declarou a corporação.

O banco de dados está entre as iniciativas do programa Brasil Eficiente, do governo federal.

Agendamento online no SUS

Outra medida anunciada pelo governo nesta quarta é o agendamento online de consultas no Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo a subchefe de articulação e monitoramento da Casa Civil, Natália Marcassa, até o fim deste ano o serviço deverá estar disponível em 21 municípios.

Brasil Eficiente

As medidas foram anunciadas pela Casa Civil durante a apresentação do balanço das ações do Conselho Nacional para a Desburocratização – Brasil Eficiente.

Comandado pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, o Brasil Eficiente foi criado em março e instalado em junho. A partir de projetos e metas, o conselho tem como objetivo simplificar processos na administração pública, melhorar a prestação de serviços e reduzir custos.

Segundo o balanço, o governo federal concluiu até agora 42 das 222 iniciativas propostas.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.