A notícia além do olhar técnico!

Carta Aberta do Hospital e Maternidade Oase

TIMBÓ – O Hospital e Maternidade Oase vem através deste informar que: assim como outras empresas do país, também passou por dificuldades no enfrentamento da crise financeira que assolou o Brasil em 2017. Sempre zelando pela transparência, a direção do Hospital trouxe ao conhecimento da comunidade os acontecimentos de 2017 através de uma prestação de contas, realizada na Câmara de Vereadores, na noite do dia 20 de março.

Importante ressaltar que:

  • pela primeira vez, nos últimos sete anos, o Hospital fechou com déficit;
  • pela primeira nos últimos sete anos, o Hospital Oase teve que recorrer a empréstimo para quitar dívidas.

O Hospital e Maternidade Oase fechou o ano, de 2017, com déficit operacional de R$ 468 mil, o que era esperado dado o salto que o Hospital teve em suas qualificações e complexidades nos atendimentos.

Richard Choseski – Foto: Karina Beatrice Frainer

Vale a pena ressaltar, que este déficit é fruto sim, da abertura da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas dado pelo tempo de espera, de junho a dezembro de 2017, pela habilitação e qualificação por parte do Ministério da Saúde, o que gerou uma produção de serviços não reconhecidas por parte do Estado e da União de mais de R$ 1 milhão.

E que a partir de janeiro de 2018 o Hospital tem os leitos da UTI habilitados com o pagamento regular diretamente do Ministério da Saúde, como era previsto. Importante destacar que o Planejamento Estratégico de 2018 aponta que mais uma vez o Hospital e Maternidade Oase deve fechar o ano com as suas contas equilibradas.

Com relação às dívidas com os médicos, vale lembrar que todos os honorários médicos relativos às horas médicas trabalhadas são pagos regularmente, o que está em aberto com os médicos e a produção hospitalar do Sistema Único de Saúde (SUS) e para manter o serviço em dia e a parceria com os profissionais a direção resolveu, com autorização do Conselho Diretor, fazer o empréstimo.

Vamos continuar firmes e transparentes certos que o ano de 2018 será ainda melhor. Importante destacar que o ano de 2017, apesar das dificuldades, historicamente foi o ano que o Hospital Oase mais produziu. Foram mais 60 mil atendimentos no Pronto-Socorro; mais de 3 mil cirurgias; mais de 6 mil internações e mais de 700 nascimentos.

A direção do Hospital e Maternidade Oase vem neste momento se expor à comunidade porque lamentavelmente, opiniões de pessoas que conhecidamente são contrárias ao Hospital Oase, infelizmente e inclusive empresário da área da Saúde, tenta desvirtuar o que foi apresentado à comunidade. Continuaremos firmes e transparentes. Ressaltamos que a UTI do Hospital e Maternidade Oase foi sim uma excelente iniciativa, que já salvou e salvará muitas vidas, que desde sua inauguração atendeu a 260 pacientes gerando o expressivo número de 1.391 diárias.

E para “salvar a vida das nossas crianças” seguimos firmes com a comunidade para realizar o sonho da UTI Neonatal.

Vídeo da Sessão – 20/03/2018

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.