CAPS Timbó inova no atendimento e reforça campanha do Janeiro Branco

Por Aline Brehmer/Ascom PMT

TIMBÓ – O setor de saúde ainda passa por um momento desafiador e de transição, reinventando e inovando nas formas de oferecer atendimento e acolhimento a quem precisa. O distanciamento físico, que se faz necessário nesse momento, exige ainda mais humanização na hora de lidar com os pacientes. Neste Janeiro Branco a saúde mental ganha ainda mais visibilidade, tendo como tema: “Todo Cuidado Conta”.

A enfermeira e coordenadora do Centro de Assistência Psicossocial (CAPS) de Timbó, Andréia Jeanine Garcia Oss-Emer, diz que, aqui na cidade, os grupos terapêuticos tiveram que ser cancelados em março de 2020. “Foi uma decisão necessária, mas que gerou ansiedade e sofrimento para quem utilizava destes recursos como forma de cuidado e tratamento. Por isso lançamos mão de outras ferramentas”, explica.

CAPS Timbó

Nesta mudança, a tecnologia foi uma grande aliada! Através do WhatsApp, por exemplo, são realizadas consultas psicológicas, orientações e ligações. É também através do aplicativo que foi criado o Grupo Terapêutico, gerando integração e troca de experiências entre os pacientes. O contato de WhatsApp do CAPS Timbó é o (47) 3382-8473.

“Todas estas atividades são importantes para que os usuários e suas famílias possam continuar se sentindo acolhidos, principalmente diante das adversidades”, afirma a psicóloga do CAPS, Janaína Tápparo Braier.

CAPS trabalha em regime de plantão para atender à comunidade

O CAPS Timbó está trabalhando em regime de plantão até nesta sexta-feira, dia 15, com dois profissionais de saúde que fazem o acolhimento (escuta inicial), auriculoterapia (para alívio das queixas, orientações por telefone e aplicativo)visitas domiciliares, visitas ao Hospital e Maternidade Oase (com intuito de fornecer medicação ao pacientes que aguardam leito psiquiátrico), além de manter diálogo constante com a Unidade de Saúde da Família (USF) Nações para suprir necessidade de receitas e encaminhamentos.

Os atendimentos, até o dia 15, serão das 7h às 13h. A partir da próxima segunda-feira, dia 18, o CAPS volta a atender em horário normal (e seguindo todos os protocolos de segurança) de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h e das 13h às 16h30, com a equipe multidisciplinar à disposição. É importante ressaltar que o CAPS de Timbó é também referência em saúde mental para os municípios de Benedito Novo, Doutor Pedrinho e Rio dos Cedros. O telefone do CAPS é o (47) 3382-8473.

É preciso falar sobre saúde mental

Um estudo realizado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) sobre o comportamento dos brasileiros durante esse período de isolamento mostrou que a prevalência de pessoas com estresse agudo aumentou de 6,9% (em março de 2020) para 14,7% (em junho do mesmo ano).

“Acredita-se que o principal fator seja a incerteza com relação ao futuro e ao medo de contaminação e adoecimento/morte, conforme a pesquisa relatada. Muitas pessoas perderam o emprego, tiveram seus salários reduzidos, viram as oportunidades diminuírem ou mesmo desaparecerem. Isso contribui muito para o adoecimento das pessoas. Quem procura ajuda dá um passo muito importante e precisa ser muito forte para isso. O CAPS está à disposição para auxiliar, conversar e atender quem precisar”, complementa a fisioterapeuta do Caps, Fernanda Vicenzi Pavan.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.