A notícia além do olhar técnico!

Câmara suspende diretos inerentes ao mandato de Maluf e Jacob

POLÍTICA – Os deputados Paulo Maluf (PP-SP) e Celso Jacob (PMDB-RJ) tiveram os salários suspensos, assim como todos os demais direitos que tinham por serem parlamentares, como verba de gabinete, cota parlamentar e auxílio moradia.

Os funcionários dos gabinetes dos deputados foram exonerados. A decisão da presidência da Câmara está valendo desde quinta.

Maluf está preso desde a última quarta-feira, por lavagem de dinheiro, e Jacob, desde junho deste ano, por falsificação de documento público e dispensa irregular de licitação quando era prefeito de Três Rios, no Rio de Janeiro. Ambos foram condenados pelo Supremo Tribunal Federal e cumprem pena inicialmente em regime fechado.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.