Bombeiros Voluntários Santa de Catarina,aguarda liberação para atendimento operacional em Brumadinho – MG

Foto:Bombeiros Voluntários

GERAL – As equipes compostas por 28 Bombeiros Voluntários de SC, 02 caminhonetes 4×4, 01 ambulância 4×4, 03 Veiculos operacionais, 01 Quadriciculo, 01 carretinha de resgate, motoserras, moto abrasivos, ferramenta hidráulica de resgate, gerador, rompedor etc… chegaram em Brumadinho por volta das 15h00 deste Domingo.

A Equipe ja atuou em Desastres Naturais como a enchente seguida de deslizamentos em Ilhota – SC, no terremoto do Haiti, no deslizamento em Teresópolis – RJ e além de experiência no atendimento cotidiano em suas cidades, estrutura adequada, a Força Tarefa composta por Bombeiros Voluntários possue autonomia de atuar em Brumadinho durante 8 dias, com barraca, comida água, e estrutura de acampamento, sem necessitar de apoio local.

Foto:Bombeiros Voluntários

Enquanto as equipes aguardavam, o Coordenador da Força Tarefa – Unidade Arcanjo Evandro Vinotti deslocou ao Posto de Comando – Responsável pelo Gerenciamento das Operações e efetuou o cadastro da estrutura a disposição.

As informações repassadas as equipes foram que em virtude do risco de um rompimento de uma outra barragem, as operações por terra estão muito limitadas, apenas com auxílio de aeronaves e recebeu a orientação para aguardar.

A Empresa responsável pela redução do volume da água na Barragem com risco de rompimento tinham limitação de escoamento, uma vez que a água fazia o percurso onde ainda há pessoas desaparecidas e operações aéreas de Resgate .

Além disso, a qualquer momento está prevista a chegada de outra Força Tarefa de Israel que possui estrutura para agilizar o processo de esvaziamento da Barragem em risco em até 48h.

Como as Operações de Resgate estavam suspensas temporariamente, os Integrantes da Força Tarefa dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina deslocaram a um alojamento ofertado gentilmente por uma moradora onde aguardam o desenrolar da situação..

O Coordenador Evandro Vinotti destaca que mesmo com pedido de apoio, deslocamento e decreto do Governo do Estado autorizando a atuação de voluntários no Resgate, jamais será posto nenhum integrante da equipe em uma condição instável, previsamos ter cautela, cumprir determinação do Posto de Comando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here