IMG-20210628-WA0344
Arte Vacinação - indailal
PlayPause
previous arrow
next arrow

Bolsonaro vai se filiar ao Partido da Mulher Brasileira para disputar eleições 2022

Sigla só foi registrada no TSE em 2015 e é presidida hoje por Suêd Haidar

gulamania
Rodeio 35
PlayPause
previous arrow
next arrow

BRASIL – Sem conseguir tirar o Aliança pelo Brasil do papel, o presidente Jair Bolsonaro deve disputar a eleição presidencial de 2022 pelo discreto Partido da Mulher Brasileira (PMB).

A sigla, fundada em 2008, obteve o registro pelo Tribunal Superior Eleitoral só em 2015, e é presidida por Suêd Haidar.

Na última eleição municipal, o PMB elegeu apenas 48 vereadores e uma única prefeita. As informações são da Revista Oeste, e com o avanço da negociação a legenda deve receber nova roupagem: vai trocar de nome, de número e contará com Bolsonaro na presidência do partido.

De casa nova, o chefe do Planalto tem planos para eleger senadores e deputados federais, e vai contar com a participação de deputados bolsonaristas do PSL, que deverão acompanhá-lo na nova sigla.

você pode gostar também
1 comentário
  1. Delfino Hoepers Diz

    Seja o partido que for estou com Bolsonaro,e pra qualquer outro cargos não for do mesmo partido não ganhará meu voto e nem meu apoio,nem da família. Todos são Bolsonaristas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.