A notícia além do olhar técnico!

Blumenauense vai responder em liberdade por estupro de vulnerável

0

SEGURANÇA – O professor de 40 anos,natural de Blumenau, e que foi preso em flagrante beijando uma aluna de 12 anos no deque do Pontal Norte, em Balneário Camboriú, foi solto na noite de quarta-feira, após a audiência de custódia no fórum.

O blumenauense vai responder em liberdade pelo crime de estupro de vulnerável. Ele é professor ACT da rede municipal de ensino de Itajaí e dava aula num colégio municipal do bairro Fazenda, em Itajaí.

A polícia Civil pediu perícia no telefone do professor e quebra de sigilo telefônico para investigar as ligações e mensagens enviadas por ele à criança.

A mãe da menina já prestou depoimento e disse que desconfiava que a filha estava de conversa com alguém no celular, mas a menina sempre apagava as mensagens.

Professor temporário

O elemento era professor de matemática da criança desde maio. Ele é natural de Blumenau, mas desde 2015 tem contratos de ACT com o município de Itajaí.
A secretaria de Educação informou que o atual contrato se encerra no dia 19 de dezembro e que o caso será investigado.

Flagrados no deque

A guarda Municipal de Balneário Camboriú foi chamada na tarde de terça-feira por populares que viram o professor beijando a aluna de 12 anos. Quando os guardas chegaram, encontraram o professor e a menina de mãos dadas.
O professor confessou que trocava mensagens com a aluna pelo WhatsApp. No depoimento, ele contou que buscou a menina de moto em casa depois que a mãe dela saiu para trabalhar.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.