IMG-20210628-WA0344
Arte Vacinação - indailal
PlayPause
previous arrow
next arrow

Avaí vence o Ceilândia-DF e se classifica para a segunda fase da Copa do Brasil

gulamania
Rodeio 35
PlayPause
previous arrow
next arrow

ESPORTES – Com alguma agonia, o Avaí passou para a segunda fase da Copa do Brasil 2018. Nesta quarta-feira, no Abadião, em Ceilândia (DF), a equipe azurra venceu por 3 a 2 o time da casa. O Leão chegou a ser surpreendido com gol do adversário no começo, porém alcançou a igualdade ainda na primeira etapa, virou e tomou o segundo gol no finzinho. No entanto, Luanzinho apareceu nos acréscimos para marcar seu segundo na partida e ser o nome do triunfo azurra.

O Avaí vai enfrentar o Juventude, que avançou com empate sem gols com o Interporto, na quarta-feira passada.  O dia e horário da partida, que será disputada no Alfredo Jaconi, em Caxias (RS), será confirmada pela CBF — com previsão de 20 ou 21 deste mês.

O próximo compromisso no calendário azurra é na segunda-feira. Às 16h, o Leão recebe o Tubarão para fechar a sétima rodada do Campeonato Catarinense. O Ceilândia volta a jogar pelo Campeonato Brasiliense na quarta-feira, às 16h, contra o Brasiliense.

O JOGO

A surpresa antes da bola rolar foi Alemão na lateral direita e Airton na dupla de zaga com Betão. A surpresa assim que a partida começou foi o gol dos donos da casa. Enquanto o ponteiro estava na terceira volta, Vavá se infiltrou pelo meio do Leão e arriscou antes da risca da área. Tiro certeiro, no cantinho, para obrigar o Avaí se jogar ao ataque.  O empate chegou sem demora, aos 18. Moritz encontrou Maurinho para fazer a jogada de linha de fundo e centrar. Encontrou Romulo sozinho e de frente com a trave escancarada. Só escorou para as redes e selou as pazes com o torcedor depois do pedido de desculpas na véspera, pela troca de xingamentos na derrota para o Concórdia, na semana anterior.

Então, o Avaí diminuiu o ritmo gradativamente. O 1 a 1 bastava para avançar. Tocava a bola sem pressa, fazia o relógio correr. O Gato Preto, como é conhecida a equipe brasileiense, investia no contragolpe quando tomava a redonda, mas era travado na intermediária azurra.  Na volta do intervalo, o Leão esteve em campo com Marquinhos adiantado, Romulo no lado esquerdo e Martinuccio formando a dupla criativa com André Moritz. A mudança tática não causou efeito, e a partida transcorria truncada e sem chances claras para os times.

Aos 23 minutos, entraram Getúlio e Luanzinho nas vagas de Marquinhos e Maurinho. Mudanças acertadas, porque Luanzinho virou o placar para o Avaí com apenas dois toques na bola. No primeiro ele dominou a bola e o segundo, depois de notar que tinha espaço e olhar a trave distante, mandou o chute colocado. Da intermediária, o tiro em curva morreu no cantinho esquerdo de Wendell e o Leão pulou na dianteira do placar. No finzinho, Getúlio teve a chance de consagrar as mudanças de Claudinei Oliveira. Porém, o toque de Getúlio, depois de passe açucarado de Romulo foi para fora. Perdeu uma oportunidade claríssima.

O finzinho da partida também teve agonia para os azurras. Aos 44, Vavá marcou seu segundo gol no jogo, ao desviar chute de Emerson Martins, e empatou a partida. Porém, o Leão deixar a região central do pais com vitória. Nos acréscimos, Luanzinho apareceu para fazer seu segundo gol na partida. Ele entrou na área para, de primeira, finalizar o cruzamento que veio do lado direito e decretar o 3 a 2.

FICHA TÉCNICA

CEILÂNDIA-DF – 2
Wendell; Dudu Lopes, Cocada, Cauê e Elivelto; Didão, Émerson Martins, Adriano e Gago (Allan Dellon); Formiga (Ronan) e Vavá. Técnico: Adelson de Almeida.

AVAÍ – 3
Kozlinski; Alemão, Airton, Betão e João Paulo; Judson, André Moritz e Marquinhos (Getúlio); Maurinho (Luanzinho), Martinuccio (Lourenço) e Romulo. Técnico: Claudinei Oliveira.

GOLS: Vavá, aos três do primeiro tempo e aos 44 do segundo tempo (C). Romulo, aos 18 do primeiro tempo, e Luanzinho, aos 23 e aos 49 do segundo tempo (A).
CARTÕES AMARELOS: Marquinhos e Romulo (A).

ARBITRAGEM: Francisco Carlos do Nascimento (AL), auxiliado por Pedro Jorge Santos de Araújo (AL) e Wagner José da Silva (AL).
BORDERÔ: não informado
LOCAL: Estádio Maria Abadia (o Abadião), em Ceilândia (DF).

você pode gostar também
Lock colchões
Center Celulares
PlayPause
previous arrow
next arrow
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.