Slider

Aulas presenciais somente serão suspensas com decreto governamental, diz prefeito de Indaial

Por Judson Lima

INDAIAL – Em resposta a uma solicitação do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Indaial- Sinserpi , que através de oficio pediram a suspensão das aulas presenciais na rede municipal de ensino, requerendo a modalidade de aula 100% online até que todos os profissionais da educação sejam vacinados contra a Covid-19, o prefeito André Moser (PSDB), afirmou que somente um decreto estadual pode alterar a forma como as aulas estão sendo ministradas, visto ser atividade essencial.

Moser reiterou que não pode suspender as aulas presenciais, pois senão estaria indo contra o que preconiza o decreto estadual em que a educação está no rol de atividades essenciais.

“Eu não consigo cancelar as aulas, sem determinar o fechamento de outras atividades, como por exemplo atividades comerciais, como o comércio, então para que a gente faça a suspensão das aulas, nós temos que fechar as outras atividades que não são declaradas essenciais”, afirmou Moser.

Em relação a vacinação dos profissionais da educação, o prefeito disse que se dependesse dele pessoalmente, já haveria a vacinação, porém o município segue o plano nacional e não pode furar a fila de regra estabelecida pelo Ministério da Saúde, que elenca o professor na quarta fase da Campanha de Imunização Contra a Covid-19.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.