IMG-20210628-WA0344
Arte Vacinação - indailal
PlayPause
previous arrow
next arrow

Assassino que matou e largou corpo as margens do Rio em Blumenau foi condenado

Por Judson Lima

gulamania
Rodeio 35
PlayPause
previous arrow
next arrow

BLUMENAU – O homicida Ricardo Menezes Belmonte foi condenado a 12 anos de prisão, em regime inicialmente fechado por matar Silvio Stahelin de 48 anos a facadas, o crime aconteceu em 12 de maio de 2019, o corpo foi largado nas mediações do Ribeirão Garcia na Rua Anchieta no bairro Valparaíso em Blumenau.

Segundo denúncias, no dia do crime, por volta das 8h, Ricardo, o adolescente e a vítima Silvio se encontravam no posto de combustível ‘Posto Neném’, localizado na Rua Amazonas, n. 4463, Bairro Garcia, ingerindo bebida alcoólica e, em determinado momento, discutiram.

Em razão da discussão e por supostamente ouvirem falar que Sílvio era um ‘estuprador’, o denunciado e A.L.G.G. planejaram a execução do homicídio. Para tanto, Ricardo convidou o Silvio para utilizarem substância entorpecente na localidade conhecida como ‘Prainha do Zendron’, o que foi aceito por ele. No lugar combinado, o assassino, com absoluta frieza e inequívoca vontade de matar, esperou Sílvio se acomodar e deitar para partir em sua direção munido de uma faca, oportunidade em que desferiu diversos golpes na face, crânio e região cervical da vítima.

Na sessão de julgamento pelo Tribunal do Júri, e em conformidade com a decisão do Conselho de Sentença, o juiz considerou o acusado Ricardo Menezes Belmonte como incurso nas sanções do art. 121, § 2º, incisos II, III e IV, do Código Penal, e, em consequência, para condená-lo ao cumprimento da pena de 12 (doze) anos de reclusão, a ser cumprida inicialmente no regime fechado.

você pode gostar também
Lock colchões
Center Celulares
PlayPause
previous arrow
next arrow
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.