A notícia além do olhar técnico!

Após virar caso de polícia, pedido de vistas suspende votação de projeto em Indaial

Por Judson Lima

INDAIAL – O polêmico projeto de lei nº 40/2020 , que virou caso de polícia na semana passada, que dispõe sobre a proibição de prática de maus-tratos e crueldade contra animais em Indaial, proposta pelos vereadores Ana Paula Reiter Fabinho Fritz Diego Pandini e Caroline Laís Bertoldi não foi votado na sessão virtual desta segunda-feira (20), por causa de um novo pedido de vistas.

O pedido de vistas adiou a aprovação na segunda votação, os parlamentares querem analisar melhor a proposta, sendo que a emenda proposta pelo vereador Jonas Lima foi rejeitada pela maioria dos pares.

Desde que foi levado do parlamento as mídias sociais e posteriormente ter virado fato policial, o projeto vem polemizando , de um lado existe argumentação de que como esta , o projeto vai prejudicar os criadores e outros segmentos , e questionam que existe lei federal especifica para os maus tratos. Já os autores argumentam que as polêmicas são em tom politiqueiro e que não haverá prejuízo a ninguém, principalmente aos pequenos criadores.

Até o ex-presidente da OAB Indaial , advogado Henrique Kloch se manifestou a cerca do projeto afirmando que “É inacreditável o que está sendo discutido na câmara de vereadores da nossa cidade. Será uma demonstração de desconhecimento? ou estão realmente acreditam que somos analfabetos. Em simples leitura do projeto percebe-se a incoerência, a inconstitucionalidade e incompetência sobre a matéria”.

“Não devemos prejudicar nossos Agricultores. Sou a favor da causa animal, mas também do pequeno agricultor”, citou em vídeo o vereador Valentim Blasius contrário ao projeto.

Pronunciamento do Vereador Valentim Blasius!Não devemos prejudicar nossos Agricultores. Sou a favor da causa animal, mas também do pequeno agricultor.

Gepostet von Valentim Blasius am Montag, 20. Juli 2020

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.