IMG-20210628-WA0344
UNIMED---50-anos
Banner Indaial
1200 x 100 (3)
PlayPause
previous arrow
next arrow

Apiunense caiu no golpe da “Sextorsão/Nudes” perdendo cerca de R$ 2 mil reais

Por Judson Lima

gulamania
1200 x 100 (2)
PlayPause
previous arrow
next arrow

APIÚNA – Mais um morador de Apiúna foi vítima do denominado golpe “Sextorsão/Nudes”, em que os golpistas utilizam um perfil falso, normalmente com a fotografia de uma jovem bonita e atraente, começam a trocar fotos íntimas pelo WhatsApp e depois realiza a extorsão.

O Setor de Investigação Criminal da Polícia Civil da Comarca de Ascurra vem intensificando juntamente com a PCSC ações de conscientização para o crime que vem crescendo no Sul do Brasil.

No caso investigado, não foi divulgado ao valedoitajainoticias quanto o morador perdeu na extorsão, sem querer se identificar a própria vítima disse que em torno de R$ 2 mil reais . Mas em outubro de 2020, um outro residente em Apiúna foi vítima da ação e entregou aos golpistas R$ 8 mil reais.

COMO OS CRIMINOSOS AGEM?

Os golpistas utilizam um perfil falso, normalmente com a fotografia de uma jovem bonita e atraente.

Eles quase sempre se utilizam da rede social Facebook no contato inicial, onde começam uma amizade.

Na sequência, começam a trocar fotos íntimas pelo WhatsApp. A partir daí, outro golpista entra em cena, o suposto pai ou padrasto da jovem, alegando que ela é menor de idade e que a vítima estaria praticando pedofilia através da internet.

Para que o caso não seja levado à Polícia, ou para que as fotos íntimas e as conversas privadas não sejam compartilhadas com a esposa, parentes ou amigos da vítima, o golpista exige dinheiro por meio de depósito bancário.

*Há casos em que os golpistas se passam por supostos advogados e policiais. Alegam que as fotos fazem parte de investigação policial e solicitam dinheiro para que o “caso” seja arquivado.

O QUE FAZER?

1) Nunca compartilhe fotos íntimas pela internet.

2) Desconfie de solicitações de amizades de desconhecido nas redes sociais;

3) Não forneça dados como nome completo, CPF, RG, endereço, conta bancária e senha para estranhos em ligações telefônicas. mensagens SMS ou WhatsApp;

4) Cuide com operações bancárias(depósitos ou transferências em dinheiro) para pessoas do círculo familiar ou de amigos, principalmente em solicitações pelo WhatsApp;

DENUNCIE
Disque 181 ou WhatsApp (48) 98844-0011

 

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.