A notícia além do olhar técnico!

Apiúna comemora 31 anos de emancipação política  

Por Judson Lima

APIÚNA – O Município de Apiúna comemora nesta segunda-feira (01) 31 anos de emancipação política. Por causa da pandemia , todas as atividades programadas para as festividades foram suspensas.

“Queremos agradecer a população apiunense por acreditar em nossa terra , tenho certeza , juntos estamos enfrentando essa pandemia e juntos, iremos vencer”, comentou o prefeito Gerson Gonçalves.

Apiúna /Foto:Reprodução

“Neste 1° de junho não vamos comemorar o aniversário de Apiúna como gostaríamos e como nosso povo merece. Mais uma vez estamos unidos em prol do bem comum, da solidariedade, da esperança e do amor. Muito em breve voltaremos ao nosso caminho normal, ainda mais fortes, porque venceremos esta fase e saudosos dos nossos abraços, poderemos voltar a ser o povo caloroso como sempre foi. Parabéns Apiúna!”, escreveu o vice-prefeito Marcelo Doutel da Silva em suas mídias sociais

A história:

Apiúna

Esta colônia foi fundada em 1878 por imigrantes italianos; sendo estes sobrevindos posteriormente por famílias alemãs, polonesas e açorianas.A pequena vila viria a se tornar um município somente 110 anos após sua fundação, 4 de Janeiro de 1988, desmembrada de Indaial . O município antes denominado Aquidaban está localizado no alto dos picos que circundam a região. No vale encontra-se uma cidade nas proximidades da rodovia BR-470.

A partir de 1º de janeiro de 1944, depois de uma revisão territorial, Aquidaban passou a se chamar Apiúna. Na língua tupi-guarani, Apiúna significa ‘cabeço negro’, uma referência a montanha arredondada e escura que existe na cidade, o Morro Dom Bosco que tem 390 metros de altura.

Apiúna tem como destaques turísticos as suas cachoeiras que são mais de 80 em todo o município, a Maria Fumaça que é um agradável passeio de trem pela via recuperada da EFSC (Estrada de Ferro Santa Catarina), o Morro Dom Bosco, Morro da Cruz e Morro do Bicudo para os fãs de belas paisagens, sem esquecer do Rafting para os aventureiros.

Em 15 de maio de 2015, foi classificado como um dos dois únicos municípios a atingirem o índice de transparência 10 num patamar municipal[5], considerado o nível máximo[6]. O outro município foi São Paulo.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.