A notícia além do olhar técnico!

APAN vence lavras e fecha primeira fase da Superliga B na segunda colocação

0

BLUMENAU – Um jogo decidido ponto a ponto, com duração de 2,43 minutos, provocações em quadra, reclamações com arbitragem e uma torcida apaixonada na arquibancada do Galegão, empurrando o time do início ao fim. Esses foram alguns ingredientes da batalha envolvendo a APAN Vôlei e o Lavras (MG).

Fotos: Raphael Guilherme Moser

Em jogo, a segunda colocação da Superliga B e a vantagem de trazer os jogos decisivos para casa nas quartas-de-final e semifinais. E o time da casa levou a melhor. Venceu por 3 sets a 2, com parciais de 23/25, 27,25, 23/25, 25/22 e 15/10.

Fotos: Raphael Guilherme Moser

Desde o início da competição, o técnico André Donegá apontava o Lavras como um dos favoritos a conquista do título da Superliga B. E o mineiros vieram a Blumenau para comprovar isso. Venceram o primeiro set e impuseram muitas dificuldades na vitória da APAN no set seguinte, por 27 a 25. Voltaram a derrotar os blumenauenses no terceiro set pelo mesmo placar do primeiro: 23 a 25.

Mas foi a partir do quarto set, sem mais pode perder e não ver a segunda colocação ir embora, que os comandados de André Donegá mostraram equilíbrio emocional e maturidade para construir a vitória por 3 a 2 que garantiu a vice-liderança na competição. Nesse momento, a torcida também cumpriu seu papel, empurrando o time para alcançar o resultado positivo. No final, muita festa em quadra e agradecimentos ao torcedor que só deixou o ginásio 15 minutos após o término do jogão que acabara de ver e ser um dos protagonistas.

Vencer numa decisão em tie-break, pela primeira vez na competição, foi muito importante na análise do técnico de Blumenau. Ele considerou a vitória no quarto set a mais importante para testar o emocional do grupo. A APAN saiu perdendo e foi buscar a vitória. E mesmo que acabasse sendo derrotado no set de desempate, Blumenau conquistava, com aquele resultado, o pontinho que garantiria a segunda colocação. Somou 17 pontos – dois a menos que o líder Botafogo. Venceu seis dos sete confrontos na etapa de classificação.

Donegá reconheceu a ansiedade do time nos primeiros minutos de partida. Com ânimos mais sereno e emoção no lugar, foi se acertando. O técnico também fez mexidas importantes e quando os titulares voltaram para quadra, tiveram outro espírito e foram decisivos nos momentos mais importantes, inclusive com saques forçados que resultaram em aces ou bolas de segunda que surpreenderam o time mineiro.

Time de Brasília pela frente

Com a segunda colocação, a APAN cruzará com a UPIS de Brasília nas quartas-de-final. O time do Distrito Federal fechou a competição em sétimo lugar, somando três pontos e com apenas uma vitória. Na primeira fase, Blumenau jogou com eles em casa e venceu por 3 a 0.

E confronto em melhor de três, já começa no próximo sábado, dia 16. A primeira partida será em Brasília. No dia 21 (quinta), Blumenau joga em casa. Se vencer os dois jogos não haverá necessidade de um terceiro que também seria em casa, diante do torcedor. Os horários ainda não foram definidos pelas Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.