A notícia além do olhar técnico!

Agentes de saúde passam a usar tablets nas visitas domiciliares em Indaial

A tecnologia é mais uma vez aliada na prestação de serviços públicos eficientes e ágeis

SAÚDE- A tecnologia é mais uma vez aliada na prestação de serviços públicos eficientes e ágeis. A novidade agora é na área da saúde. Recentemente, os agentes comunitários de saúde passaram a utilizar tablets para registro das informações colhidas durante as visitas domiciliares.

Essa implementação faz parte do novo sistema adquirido pela Secretaria de Saúde e visa aprimorar e agilizar o processo de registro das visitas por parte do agente, além de diminuir a utilização de formulários em papel. “Os dados são inseridos no aplicativo de saúde por meio do tablet e transmitidos diretamente ao servidor da Secretaria. Dessa forma não é mais necessário que o agente escreva as informações no papel e depois ainda tenha que passar ao sistema os dados coletados”, explica o secretário de Saúde, Alexandre Dalabrida.

“Consequentemente isso evita retrabalho e traz mais confiabilidade ao processo, impedindo distorções ou esquecimentos na hora de transcrever as informações. Outro ponto positivo é que já no tablet a agente pode acompanhar os trabalhados executados através de relatórios e mapas georreferenciados”, complementa o secretário.

Os aparelhos também possuem GPS, o que permite monitorar toda a rota de visitas dos agentes, com nome do morador visitado, data, hora e nome do profissional.

No aplicativo é possível registrar uma série de informações predeterminadas pelo Ministério da Saúde para atender o programa e-SUS, como cadastro do imóvel (localização, abastecimento de água, coleta de lixo, entre outros), quantos moradores há e seus respectivos graus de parentesco e registro da condição de saúde de cada membro (se é diabético, hipertenso, gestante, fumante, outras doenças e condições). No ato da visita o agente ainda informa o motivo da vista (atualização cadastral, visita de rotina, orientações, verificação de situação vacinal, comunicação a respeito de exames e consulta caso o serviço de telefone não tenha conseguido contato com o cidadão, entre outros).

O agente comunitário de saúde desempenha um papel muito importante no acolhimento, pois é membro da equipe que faz parte da comunidade, o que permite a criação de vínculos mais facilmente, propiciando o contato direto com a equipe técnica. Para a utilização do novo recurso, os agentes receberam treinamento.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.