“Absolvição repara um erro, não guardo ressentimentos”, diz Moisés

Por Judson Lima

MATEANDO – Após ser proclamado pelo presidente do Tribunal Especial Misto, desembargador Ricardo Roesler, sua absolvição da acusação de crime de responsabilidade na compra fraudulenta dos 200 respiradores não entregues pela empresa Veigamed, o governador Moisés se pronunciou sobre o julgamento.

Para o governador, a decisão pela absolvição repara uma erro e põe ponto final às tentativas de atribuir falsamente a ele práticas atos ilegais, Carlos Moisés disse ainda que não guarda ressentimentos.

“A decisão do Tribunal Especial Misto pela absolvição repara um erro e põe um ponto final às tentativas de atribuir falsamente a mim a prática de atos ilegais. Não guardo ressentimentos. Quando decidi assumir a missão, tinha ciência do que enfrentaria.

Congratulo os deputados Fabiano da Luz, José Milton Scheffer, Marcos Vieira e Valdir Cobalchini pela capacidade de julgar com sabedoria. Restabelecida a verdade, o foco agora deve estar no que verdadeiramente importa, que é trabalhar pelo bem de Santa Catarina e sua gente, a quem todas as forças políticas têm o dever de servir.”

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.