A notícia além do olhar técnico!

2° CIA do Batalhão Aéreo sediada em Blumenau tem novo comandante

BLUMENAU -Numa solenidade na manhã de ontem (21), no hangar da 2° Cia do Batalhão Operações Aéreas, em Blumenau, aconteceu a passagem de comando, do Capitão BM Andre Hach Pratts ao Major BM Roberto Weingartner, que, até então, estava à frente da 1° Cia do Batalhão em Florianópolis.

Na ocasião, o comandante substituído foi homenageado pelos bons serviços prestado à frente da companhia e, em especial, por ter sido fundamental para implantação da companhia em Blumenau que serve como base para aeronave Arcanjo 03.

Atualmente, o Arcanjo 03 atende ocorrências no Litoral Norte, Vale e Alto Vale do Itajaí. Em discurso, o capitão BM Pratts disse que, desde que foi criada a companhia em Blumenau, em 2015, 993 pessoas já foram atendidas pelas equipes de Bombeiros e Médica do Samu.”Esse número não é simples matemática, para nós, bombeiros, foram 993 crianças, trabalhadores, pais e mães de família que tiveram uma chance a mais de sobreviverem depois do atendimento especializado e da intervenção médica no local da emergência”.

Também foi homenageado o Capitão BM Filipe Daminelli, comandante da Cia Bombeiro Militar sediada em Timbó, pela parceria com o Poder Judiciário de Timbó, que possibilitou a aquisição de aparelhos de ultrassom portáteis para uso em pacientes no local da ocorrência.

Em entrevista posterior ao evento, o major Weingartner disse que tem muitos desafios frente ao novo comando. “Nossa prioridade será uma parceria com entidades públicas ou privadas para construção de um novo hangar, aquisição de equipamentos, como um Autopress- aparelho que faz massagem cardíaca de forma autômata e auxiliar o aeroclube de Blumenau, para melhorar a sinalização noturna para balizamento de aeronaves sem a luz solar”.

Ao fazer uso da palavra, representando o Comando-Geral da corporação, o coronel BM Alexandre Correa Dutra parabenizou o oficial que deixa o comando e desejou sucesso ao Major que ora assume a unidade. “Atualmente, o serviço aeromédico do Corpo de Bombeiros Militar, em estreita pareceria com o SAMU, se torna um dos serviços mais especializados do estado, atuando em situações críticas em que as vítimas precisam de rápida intervenção para terem aumentadas as chances de sobrevida,” disse.

Ao final da solenidade, o tradicional banho de batismo nos comandantes que assume e que deixa o cargo.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.